Banner Lai

Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis


Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará
Encerrado o I Fórum Internacional sobre Evidências Sísmicas no Ceará - I FIESCE
Sex, 19 de Dezembro de 2014 11:28

Foi encerrado na tarde desta sexta-feira (12/12) no salão Pedro Lazar do Hotel Oásis Atlântico, em Fortaleza/CE, o “I Fórum Internacional sobre Evidências Sísmicas no Ceará - I FIESCE”, evento da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE).

A Mesa de Encerramento foi composta pelo Agente Chefe do Núcleo de Sismologia da CEDEC, Francisco Brandão, e representantes da SUDENE, do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) e da Comunidade Acadêmica.

Durante três dias, mais de 100 participantes de órgãos de proteção e defesa civil do Ceará, professores e estudantes das universidades estadual e federal do Ceará e palestrantes nacionais (das universidades de Brasília e de São Paulo e federal do Ceará e do Rio Grande do Norte) e internacionais (da Universidade da Costa Rica e da Proteção Civil de Portugal) compartilharam estudos e experiências para o entendimento e a difusão dos procedimentos de segurança adequados às situações emergenciais decorrentes de abalos sísmicos como o ocorrido em Pacajus/CE no ano de 1980, quando cerca de 500 casas foram danificadas.

Ao final do I FIESCE, os palestrantes e representantes dos participantes do evento reuniram-se para elaborar uma Carta Aberta com recomendações extraídas das discussões do Fórum. O objetivo da Carta é nortear o planejamento dos órgãos e instituições participantes do I FIESCE a fim de construírem cenários mais seguros aos abalos sísmicos.

Em complementação ao I FIESCE, no sábado (13/12) os participantes do evento viajaram às cidades de Alto Santo e Jaguaribara para visitar as instalações do Complexo Castanhão, bem como receber informações sobre a sismicidade induzida pelo acúmulo d'água do açude, o maior do Ceará.

As fotos, palestras e a Carta Aberta do I FIESCE podem ser acessadas no site www.fiesce.com.br.

 

 

 

 

 

 

 
CFPCO-BM participa de treinamento de Combate a Incêndio
Sex, 05 de Dezembro de 2014 16:44

No Curso de Formação Profissional para a Carreira de Oficiais do Corpo de Bombeiros (CFPCO-BM) foi Ministrada disciplina de Combate a Incêndio I pelo Cap. BM Christiano e os instrutores Cap. BM Valderi (RR); Tenente BM Rock Wdson; Subtenente BM Elionilton (RR), com o apoio da CEFABI (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Brigada de Incêndio).



Os treinamentos ocorreram enfatizado a parte prática de prevenção e combate a incêndio, capacitando cada aluno a atender rapidamente e com a devida técnica, os princípios de incêndio em ambiente fechado e aberto de forma a extingui-los ou mesmo diminuir sua propagação. Ensinando técnicas de acondicionamento e manuseio de mangueira, o uso dos vários tipos de extintores com substâncias específicas para cada classe de incêndio e a correta localização dos extintores no estabelecimento.



O treinamento teve o objetivo de instruir os alunos sobre como agir em situações concretas de acidentes que envolvam fogo.


 

 

 

 




 
6ªSB/1ºGB completa 22 anos.
Sex, 05 de Dezembro de 2014 14:53

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (05) uma solenidade alusiva ao 22º aniversário da 6ªSB/1ºGB (Aeródromo). O evento contou com a presença do Exmo. Sr. Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, Cel QOBM João Carlos de Araújo Gurgel; o Comandante Geral Adjunto, Cel QOBM Heraldo Maia Pacheco; o Ten Cel Aviador Ronaldo de Ciero Miranda, Sub Comandante da Base Aérea de Fortaleza; o 1º Tenente Aviador Ricardo César Gonçalves, representando o comandante do DTCEA de Fortaleza; o Superintendente da Infraero, Uziel Paulo Vieira; o Delegado de Polícia Civil Francisco Alves de Paula, Diretor da CIOPAER; o Coordenador do Salvamento e de Combate a Incêndio da Infraero, Luciano de Lima Rodrigues; o Cel Capelão do CBMCE, Padre Chagas, dentre outras autoridades civis e militares.

 


Na oportunidade foram agraciadas pessoas que contribuem para o engrandecimento da instituição Bombeiro Militar e colaboradores do trabalho da seção de combate a incêndio do Aeródromo. Os presentes assistiram a um vídeo em homenagem aos 22 anos da seção. Em seguida, o Padre Chagas, Coronel Capelão do CBMCE proferiu uma bênção. O comandante da unidade, Major QOBM Alfredo de Carvalho Melo agradeceu a todos. Em seguida, foi dada a palavra ao Sr. Adailton Gomes Teixeira, Gerente de Segurança da Infraero, onde o mesmo ressaltou a importância de cada membro daquela unidade para o bom andamento e a paz da comunidade aeroportuária. Por fim, o Comandante Geral do CBMCE parabenizou a todos os componentes da 6ºSB/1ºGB e aproveitou a proximidade do fim do ano para desejar a todos um Feliz Natal e um 2015 repleto de realizações.

 


Ao fim da solenidade, foi servido um café da manhã, oportunidade em que os presentes cantaram parabéns pelos 22 anos da Seção de Combate a Incêndio do Aeródromo.

 

 

HISTÓRICO DA SCI

 

Do antigo Pelotão Contra Incêndio (PCI) quando os serviços de prevenção e combate a incêndio ainda eram operados pela Base Aérea de Fortaleza (BAFZ), nasce a Seção Contra Incêndio (SCI), em 1º de Dezembro de 1992.

A SCI teve como primeiro comandante o então Cap QOBM Joaquim dos Santos Neto, tendo registrado suas primeiras ordens permanentes no livro do Chefe de Equipe em 07 de dezembro de 1992.

A Seção funcionava inicialmente com um efetivo total de 56 (cinquenta e seis) bombeiros, com uma guarnição de serviço diário composta de 13 homens dispostos em quatro viaturas em linha, sendo dois do tipo “Ataque Rápido” - (AR), com capacidade para 1500 litros de água, 196 litros de LGE e 50 Kg de Pó Químico (PQ) e dois Mertz com tanques para 3000 litros de água e 720 litros de LGE, não dispondo de Pó Químico.

Esses Carros Contra Incêndio (CCI’s), em virtude da capacidade de agentes extintores transportada, davam ao Aeroporto na época, a Categoria 7.

Logo em seguida, em 1994 a INFRAERO adquire e entregue à Seção uma nova viatura, o AP4 19 – TITAN, equipamento robusto e de alta qualidade. O TITAN fez subir a Categoria do Aeroporto, uma vez que sua capacidade extintora transportada é de 11.355 litros de água, 1.514 litros de LGE e 227 Kg de PQ, com descarga totalmente automática operada pelo motorista a partir de controles na cabine da viatura. O efetivo total foi então reduzindo para 46 homens, e uma prontidão de serviço diário com 12 combatentes em três viaturas.

Com a chegada de mais um TITAN e uma viatura com novo conceito em tecnologia, o AP2 IVECO MAGIRUS, são aposentados os antigos ARS e Mertz, e o Aeroporto ingressa na categoria 9, a atual.

O efetivo de 46 homens na seção foi mantido até os dias atuais. Toda a tropa é composta de profissionais altamente capacitados para as atividades. Essa capacitação está sedimentada em treinamentos diversos diários regulados pelo Plano Local de Treinamento (PLT) e treinamentos específicos anuais como os Cursos de Formação Técnica de Bombeiros de Aeródromos (FTBA), Cursos de Operador de CCI e Simulados operacionais.

Além do trabalho de plantão diário, sempre a postos para qualquer eventualidade aeroportuária, as equipes de serviço atendem em sua rotina diária a diversas ocorrências de práxis como revisões de pistas, captura de animais, fogo em vegetação e pontos fixos.

A seção ao longo dos anos teve 10 (dez) comandantes, os atuais oficiais: Cel Neto (92-93); Cel Hélcio (93-94); TC Queiroz (94-96); Cap Gideon (96-98); Cap Robson (98-99); Tc Bonifácio (99-00); Maj Naum (00-01); Maj Oliveira (01-03); Maj Carvalho (03-05) e Maj Oscar Neto (05-11).

O atual Comandante é o Maj BM Alfredo de Carvalho Melo, tendo assumido o comando pela segunda vez em 2011.

Essa é a Seção Contra Incêndio (SCI) classificada atualmente na Lei de Organização Básica da Corporação como a 6ª Seção de Bombeiros do 1º Grupamento de Bombeiros (6ªSB/1ºGB) que nesta data completa 22 anos de sucesso e prestação de serviços à sociedade brasileira e porque não dizer, do mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Aniversário da CELOG.
Sex, 05 de Dezembro de 2014 16:25


Foi realizada, na noite desta quinta-feira (04) um jantar de confraternização em alusão ao aniversário da Célula de Logística (CELOG) do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará. Estiveram presentes os bombeiros militares que fazem, ou já fizeram, parte do efetivo desta seção acompanhados por seus familiares.


O Exmo. Sr. Comandante Geral Adjunto do CBMCE, Cel QOBM Heraldo Maia Pacheco, acompanhado do Cel QOBM Marcelo Cordeiro Magalhães, Coordenador da CAT e do Cel Capelão do CBMCE, Padre Chagas, presidiram o evento. Foram distribuídas medalhas e barretas aos BBMM que se destacaram durante este ano.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 
CBMCE participa do 40º Simulado do PAM
Ter, 25 de Novembro de 2014 16:27

Foi realizado na manhã de hoje (25), no Porto do Mucuripe, um exercício simulado do Plano de Auxílio Mútuo (PAM), o qual tem o objetivo de integrar as empresas que compõem o pólo petroquímico do Mucuripe e os órgãos do poder público para atuação imediata em caso de um eventual sinistro.


O PAM surgiu no ano de 1974 e, desde então, as empresas da região se reúnem para traçar estratégias de prevenção contra acidentes e pânico. Hoje foi realizado o 40º simulado, que contou com a participação das seguintes empresas: Petrobrás, Transpetro, Cegás, Cia Docas, Nacional Gás Butano, Petrolusa, Raizen, Moinho Dias Branco, Jota Macêdo, Moinho Cearense, GME, Transnordestina, Liquigás. Os órgãos do poder público que atuaram foram: o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), Defesa Civil do municipío de Fortaleza, AMC, Ettufor, SEMACE, Polícia Militar, Defensoria Pública, CRAS e Secretaria de Saúde de Fortaleza. A comunidade também participou do exercício através de lideranças comunitárias, da colônia de pescadores e de associações de pescadores.


Foi simulada uma situação de grande vazamento de gás liquefeito de petróleo (GLP) em decorrência do rompimento de um mangote durante a transferência do GLP de um navio tanque atracado no berço nº 02 de gasodutos para descarga e armazenamento. O vazamento formou uma densa nuvem de gás devido a alta pressão. Ao perceber que havia algo errado, um dos funcionários, na tentativa de fugir e se afastar da situação de perigo iminente, ligou um veículo, atitude essa que acarretou numa explosão. Duas pessoas tiveram queimaduras graves em virtude da explosão e foram resgatadas, receberam atendimento pré-hospitalar e, por fim, encaminhadas à unidade de saúde mais próxima. No cenário, ainda ficou em combustão cerca de 270 litros de GLP residuais no mangote.


As equipes de socorro tiveram a preocupação inicial de fazer o isolamento da área, reconhecimento do cenário, evacuação, salvamento e atendimento das vítimas, combate a incêndio, resfriamento e rescaldo. Ao final, toda a equipe realizou uma reunião de avaliação para análise crítica do evento.


O intuito desses exercícios é fazer com que os diversos órgãos possam trabalhar em suas respectivas áreas de atuação de forma sistêmica, independente e harmoniosa, distribuindo a competência de cada um. Uma ocorrência pode mobilizar todo o PAM. A ideia principal é o de auxílio e integração, somando as forças para preservar vidas, o meio ambiente e o patrimônio.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Serviços

Agenda - Março 2015

Do Se Te Qu Qu Se Sa
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará - Rua Oto de Alencar, 215 Centro - Cep 60.010-270, Fortaleza/Ce

Fone: (85) 3101.2219

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados